Saiba mais sobre o Distúrbio do Crescimento 1

Seu filho parece mais baixo ou mais alto do que outras crianças da mesma idade?

 Isso pode ser normal, já que o “tamanho ideal” pode variar bastante, inclusive em função da altura dos pais. Mas, se ao colocar a altura dele no gráfico de crescimento (aquele em que o pediatra marca a altura para a idade), ela ficar muito baixa ou mudar de canal de crescimento, converse com o seu pediatra. É possível que haja um distúrbio de crescimento que precise ser investigado.

Neste texto, falaremos sobre causas, tratamentos e dicas para o bom crescimento, mas é importante que você sempre procure a orientação de um profissional de saúde caso perceba uma possível alteração de crescimento.

Como acontece o crescimento?

O crescimento da criança começa quando ela é concebida dentro do útero, e deve ser monitorado através de exames obstétricos durante toda a gravidez. Após o nascimento, é importante acompanhar a altura e o peso até os 18 anos de idade para avaliar se seu padrão de crescimento está compatível com o de outras crianças de mesmo sexo e idade.

Na tabela abaixo2,3,4, você pode conferir o ritmo de crescimento considerado normal ao longo dos anos:

Idade / Etapa da vida

Velocidade de crescimento esperada em cada período

1° ano de vida

25 cm

2° ano de vida

12 cm a 13 cm

3° ano de vida

7 cm a 8 cm

3 anos até a pré-puberdade

5 cm/ano a 7 cm/ano

Crescimento durante a puberdade

> 7 cm/ano

Ganho total de altura do início da puberdade até a parada de crescimento

Meninas: 17 cm a 37 cm

 Meninos: 20 cm a 37 cm

Principais causas do distúrbio de crescimento 5

 

Os distúrbios do crescimento podem ter várias causas:

· Genéticas;

· Traumatismo craniano;

· Tumores no cérebro e tratamento com radioterapia;

· Deficiência idiopática - quando não há causas conhecidas.

Algumas são benignas, ou seja, que não apresentam risco à saúde física do seu filho. Outras, no entanto, podem precisar de mais atenção e mesmo tratamento.

Dentre essas causas que podem precisar de maior atenção, estão algumas síndromes genéticas, distúrbios endocrinológicos e mesmo doenças que podem interferir negativamente no crescimento e precisar de acompanhamento especializado.

Na dúvida, consulte seu pediatra e esclareça suas dúvidas. Se o diagnóstico for comprovado, talvez ele indique a investigação de possíveis causas com um endocrinologista, um geneticista, por exemplo. Além de permitir identificar alguma situação que estava escondida, identificar a causa do déficit de crescimento pode ajudar a entender as necessidades do seu filho e entender se ele precisará de tratamento para esta causa ou mesmo para o crescimento.

Tratamento 6,7,8

Mesmo que esteja tudo bem com seu filho, é importante consultar regularmente um pediatra para garantir seu crescimento saudável. Caso o médico suspeite de problemas hormonais que comprometam o crescimento, como deficiência de hormônio do crescimento, hipotireoidismo, atraso da puberdade ou doenças genéticas, um endocrinopediatra provavelmente passará a fazer parte da equipe que o acompanhará para definir qual a melhor solução para cada caso, como, por exemplo, o  tratamento com reposição de hormônio do crescimento.

Hábitos que contribuem para um bom crescimento1

- Garantir uma alimentação variada e balanceada e uma boa hidratação

Uma alimentação balanceada com frutas, vegetais, grãos, ovos, leite e carne, além de uma boa hidratação, são essenciais para o crescimento. São os alimentos que trazem nutrientes (proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e sais minerais, em especial o cálcio) que mantêm nossa saúde e ajudam a construir ossos e músculos. No caso de haver restrições alimentares (como alergia ou intolerância), o pediatra orientará a melhor maneira de substituir a fonte dos nutrientes para não comprometer o crescimento da criança e  do adolescente.

- Praticar atividades físicas regulares

Correr, caminhar, jogar bola, andar de bicicleta, nadar e todas as brincadeiras com movimentos ajudam crianças e adolescentes a crescerem saudáveis e dentro de seu potencial genético.

-Exposição ao sol

Você sabia que a carência de alguns micronutrientes, como a vitamina D, pode comprometer o crescimento e desenvolvimento normal de seu filho? Para que isso não ocorra, realize atividades ao ar livre com as crianças, expondo-as ao sol de forma adequada e segura.

-Sono noturno tranquilo e reparador

Estima-se que cerca de 75% do hormônio do crescimento (GH) produzido pelo naturalmente pelo nosso corpo, seja liberado durante a noite, especialmente quando o sono está em sua fase mais profunda. Dormir por períodos curtos, de forma mal estruturada ou trocar o dia pela noite interfere nesse processo e pode comprometer o crescimento e a saúde nessa fase da vida.

Lembrando que mesmo que a criança e o adolescente não tenham problema de saúde, é fundamental manter a rotina de consultas pediátricas para acompanhar o crescimento e o desenvolvimento.

Referências: 1. Conteúdo adaptado do Livreto “Conhecenedo mais sobre o Universo do Crescimento”, uma publicação da Phoenix Comunicação Integrada patrocinada pela Novo Nordisk®, dez/2019. Consultor médico: Dr. Luiz Claudio Castro – CRM-DF 11.105. 2. Tanner JM. Normal growth and techniques of growth assessment. Clin Endocrinol Metab. 1986 Aug;15(3):411-51. 3. World Health Organization (WHO) [Internet]. The WHO child growth standards. [Acesso em 2019 Jun 8.] Disponível em: https://www.who.int/childgrowth/standards/en/. 4. Carrascosa A, Yeste D, Moreno-Galdó A, et al. Pubertal growth of 1,453 healthy children according to age at pubertal growth spurt onset. The Barcelona longitudinal growth study. An Pediatr (Barc). 2018 Sep;89(3):144-52. 5.Teran E, Chesner J, Rapaport R. Growth and growth hormone: an overview. GrowthHorm IGF Res. 2016 Jun;28:3-5. 6. Richmond E, Rogol AD. Treatment of growth hormone deficiency in children, adolescents and at the transitional age. Best Pract Res Clin Endocrinol Metab. 2016 Dec;30(6):749-55. 7.Rose SR, Cook DM, Fine MJ. Growth hormone therapy guidelines: clinical and managed care perspectives. Am J Pharm Benefits. 2014;6(5):e134-46. 8.Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Tirando dúvidas sobre uso de GH. [Acesso em Julho de 2019.] Disponível em: https://www.endocrino.org.br/tirando-duvidas-sobre-uso-de-gh/.

Você não está sozinho!

Veja o depoimento de quem já faz parte do Programa NovoDia.

“Não tenho como explicar o bem que me fizeram, me auxiliando nos horários, ligando, sempre interessados ...”

Avatar image

Alan

Santos Dumont, MG

Depoimento completo

“Eu fui muito bem atendida por vocês, e recebi algumas dicas que foram muito valiosas. Eu realmente fiquei ...”

Avatar image

Edair, mãe do paciente Francisco

Porto Alegre, RS

Depoimento completo

“A conversa que eu tive com o educador físico foi muito boa, porque ele me deu alguns esclarecimentos que eu ...“

Avatar image

Vitória

Salvador, BA

Depoimento completo

Farmácias credenciadas


Encontre uma farmácia cadastrada no Programa NovoDia perto de você!
Para os medicamentos Fiasp® e Norditropin®, acesse a página Farmácias.

Para de cadastrar, você só precisa da prescrição médica e do fornecimento de alguns dados pessoais.